Ecos dos 50 anos II

O LEGADO DO MOVIMENTO ENCONTROS DE JOVENS SHALOM PARA MIM.

Sob o céu bonito, sentindo o balançar das folhas, de vez em quando o vento era uma brisa e noutras um sopro acelerado, na presença de rostos que estava acostumada a ver na minha juventude e na companhia de jovens que aprendi a curtir nesses últimos meses participei com alegria da celebração dos 50 anos desse Movimento que tantas marcas relevantes deixou em minha vida. O primeiro legado que o Movimento me deixou (para sempre) foi o encontro pessoal com Jesus Cristo. Não um ser distante, que vive perdido entre nuvens ao lado de um Deus que eu imaginava meio articulador de marionetes. Não. O Cristo que o Movimento me apresentou foi o de um homem sensível às dores do povo de então: pobres, mulheres, crianças, doentes... Um homem que sabia escutar como ninguém e sabia respeitar as opções. Por exemplo, quando deixou o jovem rico partir, ou quando os que queriam apedrejar a mulher adúltera saíram cabisbaixos... um jovem adulto de posições claras – sim é sim; não é não. Um Cristo amigo que tinha amigos e sofria com eles e por eles. Hoje Padre Luís me fez relembrar esse momento de encontro. Acho que muitos que estavam ali sentiram o que eu senti. É claro que outros tantos valores o Movimento me presenteou. A educação libertadora, a pedagogia que não tolera o paternalismo, mas que incentiva o fazer com as próprias mãos, o gosto pela palavra de Deus... e muito muito mais. Durante a celebração fiquei pensando no quanto o Movimento é importante e necessário para as juventudes de hoje para que continuem essa história bonita de altos e baixos do nosso Movimento.

Rejane Nascimento, Fottaleza-CE

 

Cristo Jovem

 

Hoje a família Shalom está em festa!

Com o coração cheio de alegria celebramos o nosso jubileu de ouro!

Damos graças pelo concílio vaticano II, que abriu as portas da igreja aos jovens desafiando-os a rejuvenescerem o seu rosto! Damos graças por um jovem seminarista – o Luís Carlos – se ter preocupado com os jovens angolanos que, em ambiente de guerra, ansiavam por verdade, justiça, amor e paz empenhando-se em os ajudar a encontrar o seu lugar na igreja! Damos graças por esta preocupação/empenhamento ter originado o Movimento Shalom como forma de dar resposta aos jovens e ao desafio do vaticano II! Damos graças por o “facho Shalom” que em 1967 foi aceso em angola, ter atravessado os mares e chegado a Portugal e ao Brasil! Damos graças pela “escola para a vida” que o movimento tem sido para tantos jovens! Damos graças por todos os jovens que passaram pelo movimento aumentando a luz e vida da chama Shalom! Damos graças por todos os que já não sendo jovens continuam a viver este ideal que é Shalom!

Em dia de festa para todos os encontristas.

Manuela Subtil, Entroncamento-PT

 

Escrevo para agradecer tanta coisa feita pelo movimento e por tanta dedicação.

Obrigada pelo SIM que deste a esta intuição de Deus que sentiste no coração e que deu origem a tanta gente conscientizada e com sentido na vida por ter feito parte e crescido na fé, dentro do movimento. Ontem celebrámos em Coimbra os 50 anos de tanta história feita por aqui, tantos jovens de várias etapas que cresceram e beberam da pedagogia e espiritualidade do movimento e pela oportunidade que tiveram de tocar Deus de uma forma simples. Foi comum o entusiasmo, o sentido de família. Apesar de não nos vermos periodicamente é como se tivéssemos estado sempre juntos, sentimentos que só uma verdadeira família sente quando se reencontra. Só em igreja conseguimos ter este sentimento. Quando nos reencontramos é Cristo que é sempre o Pai e a Mãe desta grande família que nos congrega. Obrigada por tudo! Tanta alegria e amizade vivida, tanta esperança cultivada, tanta fé aprofundada e tanto reino construído onde quer que estejamos.

Um forte abraço e um sentimento de profundo agradecimento de tanto bem recebido.

Anabela Marques, Coimbra-PT

Evangelho

 

Querido Luiz,

hoje estivemos em Oeiras, com muita gente mais velha e outros mais novos, a celebrar os 50 anos do Movimento. É uma graça imensa nas nossas vidas. Só podemos ter um sentimento de muita gratidão a Deus pelo dom que te deu de intuíres um caminho de libertação dos jovens e por teres dado concretude a isso sob a forma de uma pedagogia adequada (a educação libertadora) e desenvolvendo uma espiritualidade encarnada a realidade.

As palavras serão sempre poucas para te dizer e dizer a outros a riqueza deste projeto. Só mesmo com a vida, fortalecidos com o amor de Deus, a juventude e ousadia de Jesus. Rezo para que estejamos todos à altura do bem que transportamos. Somos vasos de barro que transportam um tesouro.

Um forte abraço neste dia, com a gratidão, o enorme bem hajas e o desejo de todas as bênçãos para ti e para o Movimento.

Helena Valentim, Lisboa-PT

Escola

 

 


Comentários



Siga-nos pelo Facebook

Fale Conosco

Preencha os dados a baixo em breve entraremos em contato

Localização

R. Lopes Filho, 303 - Amadeu Furtado
Fortaleza - CE
60455-670



Contato Por Telefone

+55 (85) 3281-1085